Chape precisa de vitória de dois gols de diferença para continuar na briga pelo título
12/05/2021 09:20 em Esporte

Uma quarta-feira hoje diferente no mundo do futebol, quando o time que fez tudo certo, conseguiu dentro de campo com resultados, aliado a um bom trabalho fora dele por sua equipe de técnica e diretoria, vê-se penalizado e obrigado a disputar contra duas equipes uma vaga para a semifinal do Estadual.

A Associação Chapecoense é a vítima desse imbróglio todo, que tem como personagem principal a Federação Catarinense e seus dirigentes, que não admitem os erros, e como uma interpretação unilateral, puniram o Hercílio Luz que alega ter interpretado de forma diferente um item e posto um jogador a mais do que o permitido em uma partida.

Resumo: a Chape após ser garantir vaga na semifinal precisa de vitória de dois gols no jogo desta noite contra o Figueirense na Arena Condá para não cair nas quartas de final do Campeonato Catarinense. Na partida de ida no Orlando Scarpelli o Figueira venceu por dois a zero. O confronto da volta acontece nesta quarta-feira, ás 20h30.

O time da Chapecoense ainda não teve uma boa atuação no comando do técnico Mozart Santos.

Ontem a diretoria anunciou de forma oficial o encerramento do empréstimo de Paulinho Moccelin que tinha o prazo até 30 deste mês de maio. O atacante volta para o Londrina. Paulinho chegou ao clube desacreditado e surpreendeu positivamente, fazendo uma temporada boa na conquista da Série B pela Chapecoense.

Foto: Márcio Cunha | Chapecoense

COMENTÁRIOS