Brasil adia o sonho da conquista da Copa do Mundo
24/06/2019 11:42 em Esporte

Foto: Fotoarena / Agência O Globo

A Seleção Brasileira de futebol feminino se despediu neste domingo da maior competição do ano, jogando contra a seleção francesa, anfitriã do evento. As meninas que ostentaram a camisa amarelinha não se intimidaram e até criaram oportunidades para garantir o resultado e avanças as quartas de final, porém, pecou nas finalizações e mesmo tendo suportado as adversárias no tempo regulamentar com o placar de 1x1 sucumbiram na prorrogação.

Placar agregado França 2x1 Brasil. Mas além de conquistar os corações dos brasileiros (a), o time comandado pelo Vadão, teve um desabafo no fim pela capitã Marta, a mais premiada atleta brasileira do futebol. “Temos que chorar no começo, para sorrir no final, dar um pouco mais, valorizar mais, o Brasil não terá para sempre uma Formiga, Cristiane e Marta”, concluiu aos prantos.

Deixou um recado nítido para as novas atletas, expondo que em alguns momentos falta transpiração e até comprometimento das mais novas, embora abra brecha para várias outras interpretações.

A comissão técnica também deve mudar para a sequencia do trabalho, e no futebol feminino o bom seria uma técnica.

A geração mais vitoriosa de prêmios e talentos individuais não conseguiu conquistar um grande torneio de forma coletiva, nem mesmo um mundial.

COMENTÁRIOS